Coleção Dance Machine: Melissas para todos os ritmos

O universo da dança tem tudo a ver com a Melissa. O movimento do corpo, o controle, a integração entre mente e alma, tudo isso faz parte da dança e, para muitas melisseiros e melisseiras, faz parte também da sua relação com a marca. Unindo tudo isso, em 2016, a marca lançou a coleção Dance Machine

A coleção veio cheia de referências ao universo musical, conversando com estilos como o jazz, balé e hip hop. O resultado são sapatos coloridos, versáteis e com designs inovadores, como a Elastic Dance, um tipo de bota com elástico reforçado, que permite mais movimento – tudo a ver com a proposta da Dance Machine.

Melissa Divulgação

Como não poderia ser diferente, a coleção também foi marcada por várias collabs. Voltam nomes da casa, como Jason Wu, Vivienne Westwood e os Irmãos Campana, que assinam os sucessos Barroca e Papel. Outro retorno celebrado é o de Alexandre Herchcovitch, com a Boemia Flower, uma sandália cheia de conforto e versatilidade.

Mas quem brilhou mesmo neste ano foi Jeremy Scott, o designer de moda americano e atual diretor criativo da Moschino. Para a Melissa, ele criou sete modelos cheio de cores que brincam com o plástico e o conceito de boias de piscina com um pequeno detalhe em cada um.

Melissa/Divulgação

Com tudo isso, a coleção Dance Machine foi um sucesso. As colaborações feitas neste ano seguem fazendo sucesso entre as Melisseiras e a marca alcançou seu objetivo: unir o Melflex com toda a arte e movimento da dança. Confira abaixo alguns modelos da Dance Machine:

Assine a nossa newsletter para receber todas as novidades do Garage Sale Melissa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *